Transformando sonhos em bons negócios

Vendas (15) 3275.1559

Locação (15) 3272.5229

Conheça Itapetininga

A primeira povoação surgiu em torno de um antigo pouso de bandeirantes, tropeiros ou negociantes de animais, nas proximidades do rio Itapetininga, nos séculos XVII e XVIII. Seu desenvolvimento começou por volta de 1750.

Em 05 de Novembro de 1770 o povoado foi erguido em vila - a Nossa Senhora dos Prazeres de Itapetininga -, tendo sido, na ocasião levantado o pelourinho. São considerados fundadores da cidade Simão Barbosa Franco e Salvador Oliveira Leme (o Sarutayá). A Vila foi elevada à categoria de cidade no dia 13 de Março de 1855. O município foi criado a 01 de Janeiro de 1771 e, no final do mesmo ano foi instalada a primeira paróquia - a Igreja da Matriz. A partir de então, Itapetininga começou a atrair comerciantes de todos os lugares do país.

Não demorou muito para que os japoneses, libaneses, italianos e alemães viessem desfrutar de nossas riquezas, colaborando intensamente para o progresso que hoje se instala. Origem do Nome Itapetininga, nome de origem indígena (tupi-guarani), tem sido alvo de várias traduções, como registram estudiosos de nosso vocábulo, concluindo-se que o significado é pedra enxuta ou lageado seco, assim fundamentado historicamente. A tradução mais correta, porém, na opinião dos filologistas que pesquisaram o vocábulo, é laje seca ou enxuta, sendo Itape uma contração de Itapebe (pedra chata, rasa ou plana) e tininga (seco, seca ou enxuta). Nossa história oral também traz um depoimento sobre o nome Itapetininga: Um dos mais antigos comerciantes de Itapetininga, Francisco Weiss (já falecido), que era proprietário da Casa Weiss, informou, outrora, em conversa informa o seguinte: "De acordo com a opinião do historiador Dr. Luiz Macedo, o nome de nossa cidade deveria ser Tapetininga, que significa caminho seco. Dizia isso baseado em documentos de 1700, segundo os quais o governador da época determinou a abertura de um caminho novo para o Sul, que permanecesse sempre seco, em substituição ao antigo, que era constantemente encharcado". Para Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, itá é uma palavra tupi-guaraní que significa pedra, metal, etc.

É conhecida como:

"Terra das Escolas" - "Atenas do Sul" - "Terra da Cultura" - "Terra da Hospitalidade"

São cognomes utilizados para caracterizar Itapetininga, sua educação de qualidade, sua localização privilegiada no Sul do Estado, a cultura transmitida por seu povo e a hospitalidade garantida a seus visitantes. Curioso evidenciar que, em 1983, por iniciativa da Câmara do Município, houve uma tentativa de oficialização de nosso cognome. Com tal finalidade, foi realizada, a três de setembro do mesmo ano, por alunos da Fundação Karnig Bazarian, uma enquete popular, que obteve os seguintes resultados:

  • 35,7 % - Terra da Cultura e Cultura da Terra
  • 32,4 % - Atenas do Sul
  • 28,6 % - Terra das Escolas
  • 3,3 % - Nenhum dos nomes

Possivelmente, por não ter havido, na pesquisa realizada, uma vitória significativa, sobrepondo algum cognome aos demais, o Projeto de Lei foi retirado, deixando de ser oficializado o cognome de Itapetininga. Santa Padroeira : A santa padroeira de Itapetininga é Nossa Senhora dos Prazeres.

 

Curiosidades

Conhecida como Terra das Escolas
Terra de Júlio Prestes 2 vezes governador e Presidente da República
Terra de Anésia Pinheiro Machado 1ª aviadora do Brasil
1ª escola Normal do Interior Paulista
3º maior município em extensão territorial do Estado de São Paulo
Rota dos Tropeiros